Parario 2016

Terça-Feira, 19 de Junho de 2018
TERMINAL SANTO ANTÔNIO TERMINAL SANTO ANTÔNIO RODOVIÁRIA RODOVIÁRIA
Bandeira do Município Bandeira do Município

O campo superior, formado pela diagonal, em amarelo ouro, significa a riqueza, força e fé do povo sorocabano de todos os tempos, bem como a pureza e constância que tem no trabalho construtivo, em todos os setores da atividade humana. O campo inferior vermelho simboliza o alto valor de muitas bandeiras sorocabanas que se foram com o ânimo valoroso e espírito decidido, em procura de glórias, alargando os horizontes da pátria e semeando o progresso.

O Brasão da Cidade ao centro, simboliza todos os aspectos e os feitos históricos de Sorocaba nele invocados, como a coroa mural, aonde uma flor de lírio sobre a porta principal relembra que ela foi fundada sob a invocação de Nossa Senhora da Ponte. A panóplia bandeirante, constituída por um gibão de armas, um arcabuz e um machado, recorda os papéis notáveis dos bandeirantes sorocabanos: Moreira Cabral, Fernão Dias, irmãos Paes de Barros e Miguel Sutil.

Os cavalos heráldicos relembram as feiras, que foram notáveis. A montanha recorda o Araçoiaba, de papel importante na história da mineração brasileira. O listão, onde está a divisa “Pro una libera pátria pugnavi” (sempre combati por uma Pátria Una e Livre), é uma alusão ao papel de Sorocaba com as feiras e manutenção da unidade sobre o listão, com a importância da indústria local. A bandeira foi aprovada pela Lei municipal n.358 de 1954.

Brazão Oficial da Cidade Brazão Oficial da Cidade

Na parte superior do escudo, bi-partido, a panóplia composta do gibão de armas, do arcabuz e do machado pintados ao natural com fundo vermelho, lembram os grandes bandeirantes sorocabanos Paschoal Moreira Cabral, Fernão Dias Falcão, os irmãos Paes de Barros e diversos outros. A parte inferior relembra a primitiva mineração do ferro, a primeira que se realizou no Brasil, nos arredores de Sorocaba (morro Araçoiaba), em montanha negra sobre fundo de ouro.

Os suportes do escudo, com dois unicórnios que são os cavalos heráldicos, recordam as feiras de muares de tão notável papel para a conservação da unidade nacional no sul do Brasil. O pequeno escudo com a flor de lírio sobre a porta principal da coroa mural, lembra a Nossa Senhora da Ponte. O autor do projeto e desenho do brasão foi o Dr. Affonso d'Escragnolle Taunay, instituído pelas Leis n.189 de 23 de março de 1925 e n.47 de 13 de setembro de 1948.

A divisa “Pro Una Libera Patria Pugnavi” ou “Pugnei pela Pátria Una e Livre”, recorda o importante papel de Sorocaba pelas feiras de muares e a parte que tomou nos acontecimentos nacionais da independência, como a criação do Batalhão de Sorocabanos e outros fatos relativos ao pendor de Sorocaba, pela implantação da liberdade no Brasil. A roda dentada estampada no listão, lembra a notável preeminência obtida hoje pela indústria sorocabana.
 

PREFEITURA MUNICIPAL PREFEITURA MUNICIPAL
GUARDA MUNICIPAL GUARDA MUNICIPAL
Gestão Pública Gestão Pública POLÍCIA AMBIENTAL POLÍCIA AMBIENTAL
CORPO DE BOMBEIROS CORPO DE BOMBEIROS
POLÍCIA MILITAR POLÍCIA MILITAR